Não é o amor que sustenta os relacionamentos. É o modo de se relacionar que sustenta o amor.